Siga-o

Anúncios

Amar a Deus acima de tudo

Hoje aprendi algo que pode mudar o mundo de quem quer mudar o mundo e trabalha para isto.
Lendo o livro do autor Bob Sorge, ‘Segredos do lugar secreto’ aprendi que nem sempre colocamos em primeiro lugar nas nossas vidas quem realmente merece e, às vezes, confundimos seus dois maiores mandamentos:
1. Amarás o senhor Teu Deus de toda tua alma
2. Amarás o próximo como a ti mesmo
Nós, que procuramos amar ao próximo, muitas vezes, sem perceber, colocamos este “fazer” na frente do primeiro mandamento, e por isso, enfraquecemos e até mesmo perdemos o ministério. Mas como isso acontece?


O autor usa a metáfora de abastecer o carro. Ele diz que vai ao posto de gasolina “abastecer” porque é obrigado, mas o que ele na verdade gosta é de “dirigir”. Quando perdemos o foco, não buscamos mais a Deus por amor à sua Presença, mas para nos “abastecer” e “dirigir” nosso ministério, ou fazermos pelos outros, apenas vamos até Deus para nos “abastecer” quando na verdade Ele quer intimidade, comunhão, amor sincero.
Bob Sorge se refere ao livro de Apocalipse:
“Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos.
E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste.
Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.”  Apocalipse 2:2-4
O primeiro amor da nossa vida tem que ser Deus. Perceba que a igreja de Éfeso não abandonou a obra, mas deixou seu primeiro amor, deixou de estar diante de Deus para amá-lo, apenas fazia sua obra, colocou o segundo mandamento em primeiro lugar.
Não vamos continuar a fazer isto! Precisamos ser conhecidos por Deus para sermos salvos, afinal, não são os que O conhecem que serão salvos, mas sim aqueles que são conhecidos por Ele!
“Senhor, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.” 
Mateus 25:11-12
Portanto, vá agora para um lugar secreto e busque-O, que em secreto vocês vão se encontrar.
“Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.” Mt 6:6

O problema está na raiz…

Muitas vezes lutamos contra algo por muito tempo sem sucesso. Buscamos a solução em diversos lugares, de todas as formas, fazemos tudo o que nos dizem para fazer: e nada!

Quando você se depara com algo assim, é certo que há uma raiz, uma origem, um ponto que mantém alimentando este problema. E este mal está na raiz. Mas onde está a raiz?

Está em você. Sim, você é a raiz. Não, você não é o problema. Mas a solução para ele está em você. Basta olhar bem fundo e você vai encontrar s raiz deste mal. Às vezes está em algo guardado do seu passado, às vezes pode estar em uma mágoa, um ressentimento, um arrependimento, uma atitude errada que gerou consequências. Enfim, pode estar em algum lugar, em você.

Agora que você já sabe disto, não é bom permanecer com esta raiz ruim ou com um problema na sua raiz. Vamos cortar o mal pela raiz! Agir contra isto e lutar.

Quer saber como vencer este problema?

Quer saber qual é a sua raiz má ou onde na sua raiz está o problema?

Então te dou uma dica:

Cenáculo do Espírito Santo.

Acesse: http://www.iurdtv.com

Descubra ali como encontrar esta raiz.

Eu faço a vitória acontecer!

Cantarei ao Senhor

Fernanda Brum

Porque clamas a mim, Moisés?
Diz ao povo de Israel que marche.
Levanta a vara, estende a tua mão
E toca no mar e o milagre verás
O mar se abriu, o povo passou
Mas a Faraó, o Senhor não poupou
Moisés pôde ver
A glória de Deus
E compreender a voz do Grande Eu Sou.

Cantarei ao Senhor,
Minha força é o Senhor
Derrotou, afogou o império do mal
Cantarei ao Senhor
Dançarei ao Senhor
Que soprou o inimigo caiu! (caiu)

Caiu, caiu
Que soprou o inimigo caiu!
Caiu, caiu
Que soprou o inimigo caiu!
Caiu, caiu
Que soprou o inimigo caiu!
Caiu, caiu
Que soprou o inimigo
E soprou o inimigo
E soprou o inimigo caiu!

“Com certeza!”

Esta expressão é comumente utilizada para passar para alguém a firmeza de algo a que nos referimos. Quando dizemos “com certeza”, queremos dizer que nada é capaz de se opor áquela afirmação feita, nem fatos.

Da mesma forma é com relação ao que se acredita. Quando acreditamos em algo, e temos a certeza sobre aquilo, nada pode mudar nossa convicção. Mesmo que tentem provar o contrário.

Por exemplo, ninguém se opõe às leis da física, pelo menos as leis gerais, (porque é claro, você vai dizer que existem milhares de cientistas que se opõe  à muitas destas leis), mas quando ninguém consegue provar o contrário, aquela lei é tida como universal.

Algumas coisas nem precisam ser provadas para saber que são verdadeiras. Basta você vivenciar experiências em relação à elas e você já sabe que são certas para você, e ninguém vai te provar o contrário.

Assim é em relação à minha fé. Eu sei que o Senhor Jesus existe, morreu em uma cruz à 2011 anos atrás e sei que Ele vai voltar, porque Ele o disse. E suas palavras estão registradas em pelo menos 4 livros!

Não sigo homens, sigo a Jesus. Não confio em palavras de pessoas. Confio na Palavra de Deus, a Verdade, aquela que sei que persiste e existe à milhares de anos e por mais que eu a leia dez vezes, em todas estas dez vezes aprendo algo diferente.

E esta mesma palavra diz sobre o fim do mundo. Sobre a extinção da humanidade. Sobre uma eternidade de felicidade e paz.

Acontece que tudo, absolutamente, que está escrito ali como sinais dos tempos está se cumprindo. E isto é inegável mesmo para você que não acredita. Aquelas palavras estão escritas há mais de 2000 anos e tudo está acontecendo exatamente assim.

PALAVRAS DA BÍBLIA ( O Senhor Jesus disse):

Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.

Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.

Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.

Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.

E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.

Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.

este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;

Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;

E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa;

E quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes.

Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias!

E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado;

Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.

E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.

Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;

Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas,farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

Eis que eu vo-lo tenho predito.

Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.

Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.

 

Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.

E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.

Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.

Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.

O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.

Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.

E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.

Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,

E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.

Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;

Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.

Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.

Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.

Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.

Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?

Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.

Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.

Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá;

E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios,

Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,

E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.

Evangelho de Mateus 24

Por isso, quero me achar servindo continuamente, pronta para a sua vinda. Ela está próxima. Não duvide.