Uma história para contar

Uma manhã nublada. Uma cidade grande mas densa, inchada desde suas ruas as suas interações. Pessoas correndo de um lado a outro. O ônibus passa lotado. Horário de pico. Não vemos olhares tristes. Apenas afanados por ter um dia de exito.

Eu estou aqui, observando tudo. Inquieto por dentro mas estacionado na postura. Difícil decidir o que fazer quando tudo parece levar a lugar nenhum. Tomei decisões, investi tempo, li muito. E cheguei aqui. O que fazer agora sabendo que o futuro exige tanto de mim? Será que eles não se preocupam como eu pelo dia de amanhã?

Estamos em um 1 de maio. Não sei bem o ano. Apenas vou contar essa história que começa. Não sei como termina.

Bom, me levanto, é hora de encarar o dia. Me sinto como se voltasse a uns anos atrás, como.no filme Click do Adam Sandler. Como se tivesse apertado aquele botão do automático e estivesse esperando chegar a data predeterminada. Vamos lá. O dia aguarda atitudes que não sei quais nem como, apenas faço.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: