Quinta-feira, 22 de maio de 2003

 

No dia em que resolvi ir na igreja, enfrentei a maior luta mental que já vivi. 

 
Fiquei mais de uma hora debaixo do chuveiro dizendo para mim mesma que devia ir, enquanto uma voz me dizia que não deveria fazer isto, afinal, o que meus pais iriam pensar de mim? 
 
Só venci isto quando decidi não pensar mais, e agir. Foi o que fiz. 
 
Peguei uma calça xadrez azul e branca que estava na última gaveta e uma blusa, que nem lembro qual era. Lembro da calça porque odiava ela. Não tinha uma calça disponível para eu usar, até nisto houve uma resistência, mas eu usei a que eu odiava, tudo porque não podia passar daquele dia.
Não dá para descrever o nó que estava na minha garganta, os olhos ardiam pois eu nem piscava. O rosto queimava de revolta, vergonha, medo e determinação.
 
Desci as escadas esquematizando o que iria dizer. E o fiz. Como esperado minha mãe não queria ir. Para minha surpresa, quem eu menos esperava me apoiou nesta hora: meu pai.
 
Sentei no sofá para esperar minha mãe. Ele veio me dizer que deixasse para outro dia. Mas eu não podia negociar: o grito estava preso na minha garganta, se eu falasse soltaria. Só balancei a cabeça afirmando que sim. Mas dentro de mim gritava: se eu não for hoje, não vou nunca mais!
 
Hoje olho para trás e vejo como aquela decisão foi a mais importante de toda a minha vida. Sei que vou tomar decisões importantes no futuro, mas igual àquele dia, sei que não haverá jamais.
Ali eu soube o quanto eu era determinada, lutei contra mim mesma, contra minha mente, contra meu orgulho e vaidade. Quando falo neste dia ainda posso sentir o nó na garganta. Foi a atitude mais difícil, e a mais importante da minha existência. Isto, nem o diabo pode tirar de mim, está na minha história. E sei que Deus se orgulha da minha decisão e me dá força.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s